sexta-feira, 2 de maio de 2008

Cryptotermes Brevis - Voadora.

O outro factor que acrescenta verosimilhança é a animação.
Depois de cobrir a cabeça, antenas e boca da Cryptotermes Brevis - Voadora - com as respectivas texturas, chegou a altura de introduzir os ossos.
Rigging - Uma das formas de animar objectos complexos é através de ossos.


Assim, ficamos com a primeira térmita completa.
Uma compilação com vários testes:
video

quarta-feira, 30 de abril de 2008

Skinning - Cobrir com pele.

Wiki - Verosimilhança, em linguagem corrente, é o atributo daquilo que parece intuitivamente verdadeiro, isto é, o que é atribuído a uma realidade portadora de uma aparência ou de uma probabilidade de verdade, na relação ambígua que se estabelece entre imagem e ideia.



Skinning é um dos factores que mais verosimilhança atribui ao objecto 3D - o outro factor é a animação.

Nesta térmita voadora, usei 2 das 10 camadas de texturas que o Blender permite usar. Através da formula de UV/Image Editing é possível cobrir um objecto exactamente como queremos.
Começando pela barriga.


E a realidade fica portadora de uma aparência assim:


fiz duas texturas com o Gimp para cada mesh:
Uma a preto/branco para o efeito "Bump" e outra a cores que é a que se vê como pele no resultado.
Com a possibilidade de usar até 10 texturas num unico objecto, o Blender permite combinações que portariam mais verosimilhança à térmita mas, eu, levaria o tempo todo do projecto só para alcançar a combinação perfeita para a barriga de uma das muitas térmitas que ainda vou construir... fica o apontamento para quem quiser explorar este potencial no Blender :)

As costas e peito:

O mesmo Processo, primeiro o efeito "Bump" e depois a côr:

Os resultados (notem que a cabeça ainda não tem texturas, é menos verosímel, não é?):

Visto de topo:

Outro plano:

Visto de longe os pormenores são irrelevantes: